PREFEITURA DE ELESBÃO VELOSO - PIAUÍ


Secretaria Municipal de Saúde abre funcionamento do CAPS - Centro de Atenção Psicossocial - com consorciados

17/08/2017

Inicialmente oficializados pela Portaria GM 224/92 que os definia como “unidades de saúde locais/regionalizadas que contam com uma população adscrita definida pelo nível local e que oferecem atendimento de cuidados intermediários entre o regime ambulatorial e a internação hospitalar, em um dos turnos de quatro horas, por equipe multiprofissional” (p.2441), atualmente são regulamentados pela Portaria nº336/GM, de 19 de fevereiro de 2002(idem).Esta Portaria inclui os CAPS no SUS (Sistema Único de Saúde), reconheceu sua complexidade de serviços prestados e sua amplitude de atuação – tanto no território onde se encontra, quanto na luta apela substituição do modelo hospitalocêntrico de atenção à saúde. Mas o quê extamente os CAPS fazem e a quem atendem?

Os CAPS possuem equipe multiprofissional – composta por psicólogos, psiquiatras, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, técnicos administrativos etc – e oferecem diversas atividades terapêuticas: psicoterapia individual ou grupal, oficinas terapêuticas, acompanhamento psiquiátrico, visitas domiciliares, atividades de orientação e inclusão das famílias e atividades comunitárias. De acordo com o projeto terapêutico de cada usuário , estes podem passar o dia todo na Unidade, parte do dia ou vir apenas para alguma consulta. Comparecendo todos os dias estarão em regime intensivo, alguns dias da semana em regime semi-intensivo e alguns dias no mês em não-intensivo. As necessidades de cada usuário e os projetos terapêuticos, compreendendo as modalidades de atendimento citadas e os tempos de permanência no serviço, são decididas pela equipe, em contato com as famílias também, e igualmente as mudanças neste projeto segundo as evoluções de cada usuário.

Com serviços de saúde mental, atendem pessoas com transtornos mentais severos e persistentes, como psicoses e neuroses graves, buscando amenizar e tratar as crises para que estas pessoas possam recuperar sua autonomia e se reinserir nas atividades cotidianas. Por possibilitar que seus usuários voltem para casa todos os dias, os CAPS evitam a quebra nos laços familiares e sociais, fator muito comum em internações de longa duração. Os CAPS trabalham bastante articulados com a rede de serviços da região, pois têm a função de dar suporte e supervisão à rede básica também, além de envolver-se em ações intersetoriais – com a educação, trabalho, esporte, cultura, lazer etc. Na busca de reinserção dos seus membros em todas as áreas da vida cotidiana.

A Unidade do CAPS abriu suas portas nessa terça-feira, 01 de agosto, para toda a população de Elesbão Veloso e também de outras regiões. Dispõe de uma equipe especializada com psicóloga, enfermeira, educadora física, assistente social, médico psiquiatra, artesã e técnica em enfermagem que não trabalha com os pacientes em vários segmentos, atualmente encontra-se em fase de admissão de usuários, qualquer pessoa pode se dirigir ao serviço e passar pela triagem, depois será agendada consulta com o psiquiatra. O horário de funcionamento é de 07h00 às 12h00 e de 14h00 as 17h00 de segunda às sextas-feiras, no seguinte endereço: Rua Projetada, s/n, Conjunto Biriquinha Coimbra, Bairro Matias – Elesbão Veloso - PI.